Notícias

Inovação, criatividade e empreendedorismo são debatudos no festival.

Um dos HUBs do festival, o Centro Universitário Belas Artes de São Paulo realiza a sexta edição do BADW neste DW!. Entre as atrações estão exposições e uma série de palestras e encontros com profissionais e empresas das diferentes áreas da Arquitetura e do Design – Moda, Gráfico, Produto e Interiores – abordando inovação, criatividade e empreendedorismo. A instituição terá ações dentro e fora das suas dependências.

Um dos destaques deste BADW é o Simpósio Ñande - 1º Seminário Latino-Americano de Design, Linguagens e Ancestralidade – que está sendo organizado pela Profa Dra Maria Carolina Garcia, Diretora de Internacionalização e do BA Creative Collectibles.  O evento tem como ponto de partida a linguagem e sua relação com a natureza, da qual o homem faz parte, ancorada nos alicerces da biomimética de Janine Benyus, mas também nos estudos de propriedade intelectual, economia circular e inovação responsável em arquitetura e design, com apoio da Comissão de Estudos em Direito da Moda da OAB-SP, da Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas em Moda – ABEPEM, do movimento Fashion Revolution Brasil e da MADE – Mercado de Arte e Design.

Inspirado por Donella Meadows e em sua obra clássica Thinking in Systems, o encontro propõe um desafio a partir da linguagem: tornar o idioma guarani e a cultura pela qual ele zela (re)conhecidos, considerando que 2019 foi declarado pela UNESCO o Ano Internacional das Línguas Indígenas. Durante o Simpósio, serão ministradas palestras e workshops com experts internacionais provenientes do Chile, Paraguai, Uruguai e França, além de membros da Nação Guaraní.

Atualmente, existem por volta de 6 a 7 mil línguas no mundo, a grande maioria falada por povos indígenas. Muitas estão em situação de vulnerabilidade e a história, as tradições e a memória associadas a elas poderão se perder. A ideia central desta discussão engloba também o desafio de integração entre estudantes brasileiros e uruguaios, que têm um comum a raiz linguística da nação indígena Guaraní, por meio do idioma e de uma maratona de design de moda patrocinada pela indústria de confecção paraguaia Tory, que prevê  o desenvolvimento de uma coleção de camisetas. A coleção será confeccionada e comercializada pela Tory, com renda revertida para a comunidade Guarani.

O evento também contará com uma palestra do Arturo Dell'Acqua, em parceria com a ByKamy, com o tema “O Momento do Jovem Criativo no Mundo”. 

No período do BADW, o MuBa – Museu Belas Artes de São Paulo, recebe a exposição Carlo Hauner, Martin Esiler e a Modernização do Móvel no Brasil, que traz 15 peças autênticas destes reconhecidos profissionais. A exposição tem curadoria da ex-aluna de Arquitetura e Urbanismo da Belas Artes, Isabela Milagre. Outra mostra será a B De Brasil, que reúne luminárias que prestam homenagem às artes plásticas brasileiras, por meio da livre interpretação de questões materiais, ou subjetivas, presentes na obra de alguns de nossos mais notáveis artistas.

Ao longo do evento, o público ainda poderá participar de workshops de design e arquitetura que acontecerão nas dependências da Belas Artes e da MADE - Mercado, Arte, Design – feira internacional de design colecionável, que acontece no Pavilhão da Fundação Bienal de São Paulo. Divididos por temas, os workshops serão ministrados por artistas, designers, professores e pesquisadores. A programação completa dos workshops que serão realizados na feira estão disponíveis no site: https://www.mercadodeartedesign.com/.

A programação completa está disponível no site www.belasartes.br/badw. Os eventos acontecem de 19 a 24 de agosto. Não preca!

Esta é só uma das atrações do DW! 2019. São mais de 300 eventos em 140 locais. Clique aqui e veja a agenda de aventos. 

Compartilhe essa página
Patrocínio
Patrocínio
Apoio
D&D
Uniflex
Nissan
Starbucks
Parceiro de Mídia
Globo
Mídia Setorial
Mídia Digital
Oli Oli
Realização
Realização